Boletim de Candidatura - Curso Breve em Digital Taxation 2019/2020

O boletim de candidatura deverá ser submetido e acompanhado obrigatoriamente da seguinte documentação:
  1. Curriculum Vitae (incluindo a formação académica - com ano de conclusão e nota final - e informação profissional)
  2. 1 Fotografia
 
1 Start 2 Preview 3 Complete
Dados Pessoais
Contactos
Informação Financeira
Documentos a submeter
Para completar a sua inscrição, deverá submeter os seguintes documentos.
Propinas e Condições de Pagamento
Regras Gerais
Regras gerais de organização e funcionamento do Curso Breve em Digital Taxation
  1. A inscrição só é considerada firme e definitiva após o pagamento do curso, na modalidade aplicável;
  2. O curso realiza-se nas instalações da Universidade, em Lisboa (Palma de Cima);
  3. O programa, as datas e os horários apresentados são tentativos, podendo todos ser alterados e ajustadas antes e durante o curso;
  4. O funcionamento do curso está condicionado à existência de 20 inscrições efetivas, podendo ser cancelado até à véspera do seu início, sendo os auditores reembolsados dos montantes pagos;
  5. As presenças apenas podem ser atestadas através da assinatura de uma folha de presenças que circulará durante a sessão, constituindo ónus dos alunos assinar as respetivas folhas;
  6. As faltas só serão justificadas por motivos de nojo, internamento hospitalar do próprio ou de filho menor e impedimento legal;
  7. O valor do curso não inclui o estacionamento nos parques da Universidade Católica Portuguesa. Os parques têm uma lotação limitada e são pagos de acordo com o tempo de permanência (informação sobre parques).
Tratamento de Dados Pessoais

Os dados recolhidos no presente formulário serão processados e armazenados informaticamente e eventualmente em suporte papel.

A informação fornecida será tratada de forma confidencial e utilizada exclusivamente para efeitos de inscrição no Curso Breve em Digital Taxation e posterior gestão escolar.

1. Responsável pelo tratamento dos seus dados pessoais
O responsável pelo tratamento dos seus dados pessoais é a Universidade Católica Portuguesa, Escola de Lisboa da Faculdade de Direito (adiante UCP).
Caso necessite de entrar em contacto com a UCP poderá fazê-lo através dos seguintes meios:

  • Contacto telefónico: +351 217 214 179
  • E-mail: posgraduacoesdireito@fd.lisboa.ucp.pt

2. Entidade a quem são fornecidos os seus dados pessoais
Os seus dados pessoais apenas são fornecidos a entidades a que a Universidade Católica Portuguesa tenha subcontratado para prestar serviços necessários à disponibilização das informações, para gestão de plataformas digitais ou outros serviços ou suporte. Poderá haver transferência de dados para entidades externas, para cumprimento de obrigações legais.

3. Contactos do Data Protection Officer da Universidade Católica Portuguesa
Caso necessite de entrar em contacto com o Data Protection Officer, poderá fazê-lo através dos seguintes meios:

  • Contacto telefónico: +351 217 214 179
  • E-mail: compliance.rgpd@ucp.pt

4. Finalidades e fundamentos de tratamento
A UCP trata os seus dados pessoais para efeitos de inscrição no Curso Breve em Digital Taxation e posterior gestão escolar, conforme acima referido.

5. Prazos de conservação
O período de tempo durante o qual os dados são conservados e armazenados varia de acordo com a finalidade para a qual a informação é utilizada e pelo prazo necessário, de acordo com as imposições legais, nomeadamente os prazos de conservação arquivística.

6. Os seus direitos, enquanto titular de dados pessoais
Como titular de dados pessoais, poderá exercer, a qualquer altura, os seguintes direitos: direito de acesso, direito de retificação, direito de apagamento, direito de limitação do tratamento, direito de portabilidade e direito de oposição ao tratamento. Para mais esclarecimentos sobre estes direitos, poderá consultar a informação no link: Direitos dos titulares dos Dados Pessoais.

7. Reclamação junto da autoridade de controlo
Caso necessite, poderá, ainda, apresentar reclamação junto da Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD).

8. Requisito contratual
A comunicação de dados pessoais constitui um requisito contratual, de forma a permitir a finalidade a que o tratamento se destina. A falta de recolha dos dados solicitados é impeditiva da inscrição no Curso Breve em Digital Taxation.