Informação Relevante

Frequência de Disciplinas

Os alunos Incoming podem escolher as disciplinas que pretendem frequentar, podendo inscrever-se a um número de créditos inferior a 36 ECTS por semestre.
A frequência das aulas é obrigatória, tendo que registar a presença em pelo menos 2/3 das sessões.

Sistema de Classificação

O sistema de classificação corresponde a uma escala de 0 a 20, sendo 10 a nota mínima para passar.
Alguns seminários poderão ser avaliados com um sistema Aprovado/ Reprovado.

Sistema de Créditos

ECTS (European Credit Transfer and Accumulation System)

Cursos de Língua Portuguesa

A Faculdade de Ciências Humanas (FCH) oferece um curso semestral de Português para os alunos internacionais que frequentam a Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa.

Vistos

UE/EEE / Suiça:

Passaporte ou Cartão de Identidade válido e Cartão Europeu de Seguro de Doença.

Cidadãos de países terceiros:

Para estadias mais longas do que três meses, deverão solicitar, junto do Consulado de Portugal no seu país de origem, um visto de estadia temporária para estudo no ensino superior – Consulados / pedido de Visto .
O SEF será a entidade responsável pela emissão do mesmo.

Documentos comuns
Estes podem variar, dependendo da nacionalidade, duração da estadia, etc:

  • Requerimento em modelo próprio;
  • Documento de viagem válido por mais 3 meses após duração da estada prevista;
  • Duas fotografias iguais, tipo passe, actualizadas e em boas condições de identificação;
  • Cartão de aceitação da Católica;
  • Comprovativo de meios de subsistência;
  • Seguro de viagem válido, que permita cobrir as despesas necessárias por razões médicas, incluindo assistência médica urgente e eventual repatriamento;
  • Certificado de registo criminal do país de origem;
  • Comprovativo das condições de alojamento.

Seguro de Saúde

Os cidadãos de Estados Membros da UE têm acesso ao sistema nacional de saúde através do Cartão Europeu de Seguro de Doença.
Cidadãos de Estados terceiros necessitam de um seguro de viagem válido, que permita cobrir as despesas necessárias por razões médicas, incluindo assistência médica urgente e eventual repatriamento